Médicos do Rio Grande do Norte e professores de Natal iniciam paralisações.

GREVES – A semana começou com duas greves deflagradas em áreas importantes no Estado e na capital. Os médicos na rede estadual e os professores na rede municipal de ensino de Natal decidiram paralisar suas atividades.

-Enquanto os profissionais da saúde reivindicam a inclusão do reajuste de internível de 3% na reestruturação do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR);

– os da educação do Natal têm como principal pauta a implantação do Piso do Magistério relativo ao ano de 2022.

Nos dois casos, nem Governo do Estado, Prefeitura ou sindicatos das categorias tinham ainda um balanço do impacto nos dois serviços para a população.

Fonte:  (Sinmed/RN)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.